Author Archives: smh

  • -

Hospital SMH abre as portas para curso de reabilitação com certificado internacional

Category : Saúde

Método trata desde traumas ortopédicos até casos neurológicos graves

O curso de formação básica internacional de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (PNF) reuniu especialistas de toda a região no Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis. As aulas ministradas pela primeira instrutora do método no Brasil, a fisioterapeuta Mônica Cilento, aconteceram em julho e agosto. Os profissionais receberam certificado internacional de conclusão.

Fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais foram capacitados no método, voltado para a reabilitação de casos que vão desde traumas e pós-cirúrgicos ortopédicos até quadros neurológicos graves, como lesões medulares, traumatismos cranianos e acidentes vasculares encefálicos (AVEs).

“Eu atendo muitos acidentados de moto. Tenho pacientes cadeirantes que são independentes, dirigem, estudam e exercem outras atividades. É isso que o método faz, traz a pessoa de novo para a vida”, relata a especialista e professora.

A fisioterapeuta é formada em PNF por instituições americanas e europeias. Mônica foi a primeira instrutora do método no Brasil. As aulas, concluídas esta semana em Petrópolis, foram realizadas no auditório do Incope, prédio anexo ao hospital, que foi todo adaptado para receber os alunos.

Para o neurocirurgião e diretor geral do Hospital SMH, Walter José Sillero, abrir as portas para a formação de profissionais que poderão fazer a diferença na vida de outras pessoas, reflete a certeza de que a missão do hospital está sendo cumprida.

“Incentivar algo novo, que vai capacitar nossa mão de obra, é muito importante, principalmente quando um certificado internacional é emitido”, conclui o diretor.


  • -

Novo centro cirúrgico do Hospital SMH é apresentado a especialistas

Category : Saúde

Convidados destacaram a alta tecnologia disponível; espaço conta com cinco salas totalmente equipadas.

Centro Cirúrgico é adequado para procedimentos em diversas especialidades médicas e de alta complexidade

A inauguração do novo centro cirúrgico do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis reuniu especialistas e autoridades na última sexta-feira, dia 26, para a apresentação do espaço. O local, que está pronto para a realização de cirurgias em qualquer área, foi aprovado por médicos, inclusive cirurgiões, de diversas especialidades. “Temos toda a tecnologia ao nosso alcance”, frisou a ortopedista Rosana Pinto.

São quatro salas completas para cirurgias de grande porte e uma sala para procedimentos de menor complexidade. Segundo a chefe da coordenação do centro cirúrgico, a enfermeira Marcia Vieira Dias, a inauguração é um novo marco para o Hospital SMH, que segue investindo em projetos que representam avanço para a saúde da cidade.

Médicos e membros da diretoria do hospital

“As salas são completas e amplas, todas do mesmo tamanho, otimizando o fluxo de trabalho dentro do hospital, pois nos permitem realizar simultaneamente quatro cirurgias de grande porte”, explicou Marcia.

Para o neurocirurgião Dinizar de Araújo, o novo centro cirúrgico ratifica a posição do hospital como peça fundamental na saúde de Petrópolis quando o assunto é medicina de alta qualidade. O diretor executivo do hospital, Fernando Baena, ressalta que a estrutura é resultado de meses de trabalho em equipe.

Visitação ao espaço

“Fizemos tudo com muita dedicação para entregar a Petrópolis e região, e especialmente aos médicos cirurgiões, um centro cirúrgico que seja motivo de orgulho e prazer de trabalhar. Hoje tenho a certeza que seguimos no caminho certo e que o SMH é uma instituição diferenciada”, ressaltou Baena.

Com pacientes já agendados para a realização de intervenções, os ortopedistas Rosana Pinto e Carlos Roberto Stuart já preveem os reflexos positivos da utilização do novo ambiente

“Para nós, faz toda a diferença operar com uma infraestrutura completa como a que temos agora com o novo centro cirúrgico”, afirma Stuart, a Rosana completa: “Tudo que precisamos para fazer um procedimento rápido e seguro está disponível:  microscópios, focos e a iluminação com o arco em ‘C’, por exemplo. Todos ganham”.

O médico cirurgião e diretor José Loureiro com a família

Especialistas participaram da inauguração

 


  • -

Palestra aberta a médicos vai abordar quadros de febre sem sinais aparentes em crianças

Category : Saúde


  • -

Vídeo/aula irá capacitar profissionais em gestão de nutrição hospitalar

Category : Saúde

Atividade aberta a especialistas acontecerá no Hospital SMH Beneficência Portuguesa de Petrópolis.

Profissionais do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis irão participar da vídeo/aula do nutricionista Edgar Britto Dias, especialista em Terapia Nutricional Hospitalar, que será realizada na segunda-feira (17). O objetivo é atualizar médicos, enfermeiros, nutricionistas e nutrólogos sobre como mensurar e melhorar os resultados no setor. A atividade está marcada para 17h e é aberta a profissionais da saúde. 

A terapia nutricional dentro dos hospitais reflete diretamente na recuperação do paciente, já que a alimentação é uma necessidade básica do organismo e que, no caso de alguns quadros clínicos, requer cuidados especiais. Com o tema Gestão de Qualidade em Terapia Nutricional: da teoria à prática, o especialista e palestrante irá ensinar os profissionais a coletar e avaliar dados a partir de indicadores. 

“A mensuração dos indicadores é importante para a identificação de fragilidades e, consequentemente, para a correção delas. O monitoramento através do levantamento de dados leva à excelência do serviço”, pontua Edgar Britto. 

A atividade será realizada através de parceria com a Nestlé, que irá disponibilizar a vídeo/aula utilizando os recursos disponibilizados pelo Hospital SMH. A gravação feita com o nutricionista Edgar Britto Dias é levada a diversos hospitais do país com o objetivo de expandir o conhecimento do nutricionista com vasta experiência neste tipo de protocolo. 

 “Percebemos que ele tinha um grande conhecimento sobre o tema e que o compartilhamento de sua vivência na área seria um enorme benefício para os hospitais do país. Como ele não poderia estar presente em muitas palestras, por conta da própria rotina, decidimos gravar o vídeo e, assim, fazer com que as informações cheguem a um maior número de profissionais”, conta a assessora técnica da Nestlé, Ana Luiza Reis Najm.

 A atividade é aberta aos profissionais da área de saúde com limite apenas para a capacidade de lotação do auditório do Incope, no Hospital SMH, que fica na Av. Portugal, no Valparaíso.


  • -

Estudantes da UCP têm formação mais completa com estágio no Hospital SMH

Category : Saúde


  • -

Hospital SMH promove I Workshop de Tratamento de Feridas em Petrópolis

Category : Saúde

Objetivo é alinhar conduta entre pacientes, enfermeiros e médicos para alcançar os melhores resultados.

O Hospital SMH Beneficência Portuguesa de Petrópolis promove o I Workshop de Tratamento de Feridas às 19h desta quarta-feira (1º) na sede do Instituto do Coração de Petrópolis, o Incope, que fica no próprio hospital. O evento é gratuito e aberto aos profissionais da área da saúde, mas tem como foco principal os médico e enfermeiros, responsáveis diretos pelos tratamentos dentro das unidades de saúde.

Um dos temas abordados será “Tipos de feridas e suas classificações”. O angiologista Marcus Vinicius Teles Ventura, que integra o quadro de especialistas do Hospital SMH, explica que é importante para o profissional saber fazer essa identificação e, assim, definir o tratamento mais adequado para cada caso.

“Existem diferentes tipos de feridas e diversas possibilidades de tratamento. É fundamental primeiro conhecer a causa do problema para depois tratá-lo”, explica o Marcus Vinicius, acrescentando que os enfermeiros, que fazem a troca dos curativos diariamente em nível hospitalar, são essenciais no processo de cura, já que avaliam a evolução/melhora da ferida junto ao médico.

O médico destaca ainda que uma ferida tratada de forma inadequada pode levar à consequências graves, como uma infecção generalizada.


  • -

NÚCLEO DE CIRURGIAS MINIMAMENTE INVASIVAS

Category : Saúde

HOSPITAL SMH INOVA MAIS UMA VEZ E CRIA O NÚCLEO DE CIRURGIAS MINIMAMENTE INVASIVAS

Simposio no Hospital SMH 2Com o objetivo de investir cada vez mais na saúde de Petrópolis, o Hospital SMH, junto com um competente grupo médico, reúne qualidade, complexidade e resolubilidade para pacientes através de técnicas modernas e equipamentos de alta tecnologia.

2017 promete ser um ano bem promissor para a área da saúde. Pelo menos em Petrópolis, onde o Hospital SMH, junto com um time de conceituados médicos, criou o Núcleo de Cirurgias Minimamente Invasivas. Este conceito cirúrgico do Núcleo abrange diversas especialidades como: cirurgias vasculares, urológicas, ginecológicas, neurocirurgias e cirurgias gerais. Todas elas de média e alta complexidade. Porém, você deve estar se perguntando: “Mas afinal, o que é isso e para que serve?”

Bom, como o próprio nome já indica, as cirurgias são menos invasivas, isto é, menos agressivas, pois são usadas diversas técnicas e tecnologias para que isso aconteça. Com essa técnica menos invasiva, o paciente poderá se beneficiar por ter um tempo médio menor de internação, com menos risco de infecção hospitalar e menos tempo de permanência no CTI (quando há necessidade em cirurgias mais complexas). A agressão ao organismo e ao metabolismo é muito menor, fazendo com que a recuperação seja mais rápida. Essa recuperação precoce permite ao paciente um retorno antecipado às suas atividades, tanto sociais quanto profissionais.

Podemos dizer que o ponto de partida do Núcleo foi em dezembro de 2016, quando o Hospital SMH realizou o I Simpósio de Cirurgias Urológicas Minimamente Invasivas da Região Serrana. A data foi marcada pela realização de diversas cirurgias minimamente invasivas, como as que foram feitas com ureter à laser flexível digital. Foi utilizado também um novo sistema à laser para as cirurgias de próstata e também diversas cirurgias de alta complexidade urológica. O principal objetivo do núcleo do SMH é fazer uso de avançadas técnicas possibilitando a redução das complicações e danos aos pacientes fazendo com que o trauma cirúrgico se torne cada vez menor.

image4Apesar da inauguração oficial do novo Centro Cirúrgico do INCOPE acontecer só em março, as cirurgias do Simpósio foram realizadas lá. O espaço possui quatro salas de cirurgia, uma sala de repouso para recuperação pós- anestésico, Central de Material Esterelizado, aparelhos para cirurgias à vídeo com tecnologia Full HD, equipamentos para cirurgias à laser de próstata e rim, equipamentos para cirurgias de varizes à laser, ultrassom com tecnologia biplanar para guiar procedimentos cirúrgicos e diagnósticos. Além disso, em anexo ao Centro Cirúrgico já está em operação o serviço de hemodinâmica, responsável pelas realizações de cateterismos e angioplastias.

O Núcleo de Cirurgias Minimamente Invasivas já está atuando em todas as áreas citadas e tem como foco facilitar o acesso a diversas especialidades com o que há de mais moderno na medicina, proporcionando ao paciente e seus familiares uma melhor qualidade de vida diante de problemas de saúde. A preocupação com o paciente é integral. Toda a equipe trabalha de forma multidisciplinar para atender e cuidar das pessoas tanto no pré quanto no pós operatório. Esse pioneirismo permite que o paciente não precise mais sair da cidade para buscar tratamentos de tecnologia avançada. Além disso, o Núcleo pretende atender não apenas Petrópolis, mas também toda a Região Serrana e a Baixada Fluminense.


  • -

Palestra SMH

Category : Saúde

Vacina contra a dengue e outras novidades são tema de palestras

Especialistas participaram de reciclagem nesta quarta-feira.

Médicos de diversas especialidades se reuniram na noite desta quarta-feira (30) no espaço de convenções da Bohemia, em Petrópolis, para uma atualização sobre o calendário de vacinas.O objetivo do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa e da Clínica de vacinação Imune Itaipava, que promoveram o evento é incentivar a reciclagem dos profissionais, já que novas doenças e novas formas de prevenção são realidade dentro da medicina.

Um dos principais exemplos é a vacina de dengue e HPV.A iniciativa beneficia, além dos médicos, os pacientes, que serão orientados a partir de protocolos mais atualizados. Pediatras, hebiatras (medicina do adolescente), obstetras e geriatras participaram do encontro, que também tinha o objetivo de mostrar a importância da prevenção em todas as faixas etárias e nas gestantes.“Eventos como este são interessantes para chamar a atenção do profissional, que vai se reunir com outros médicos para rever sua metodologia a partir do conhecimento das novidades que o mercado oferece.

SMH evento 3

Agora temos a caderneta de vacinação do adolescente, do idoso, da gestante e do atleta, não somente da criança”, ressalta a médica pediatra Flávia Marzullo, responsável pelo setor de pediatria junto com a especialista na mesma área, Solimar Stumpf.Dentre as doenças que têm grande incidência na população e que possuem novidades na prevenção, estão a dengue, a varicela, popularmente conhecida como catapora, e a meningite. Segundo a pediatra infectologista Priscila Feleppa, responsável técnica da Imune Itaipava, a vacina contra a dengue é liberada para pacientes com idade entre 9 e 45 anos.

SMH evento 2“Sabemos que nosso país e, principalmente nosso estado, vive uma epidemia e vacina é uma grande arma de prevenção. No caso da meningite também; existem vários tipo da doença e o calendário inclui as vacinas para o meningococco tipo A, B (doença com alto índice de letalidade), C, W e Y”, afirma a especialista, acrescentando que a disseminação de informação contribui para a redução destes índices. “Para a infectologia, a prevenção de doenças que são transmissíveis e infecciosas é fundamental”, complementa Priscila Feleppa.

Para a alergista Cláudia Salvini, que assistiu as duas palestras e tem na vacina um dos principais meios de prevenção à doenças, a promoção de encontros como o de quarta-feira facilitam o acesso dos médicos às informações e às novidades do setor.

“As coisas vão mudando e tudo que podemos agregar para que o paciente se previna de doenças é muito bom. É muito rica essa troca de experiências”, destaca a médica alergista.

O pediatra Sérgio Vilhena Coutinho, que também participou da reciclagem, concorda e acrescenta que tempos atrás, vacinação era um método voltado apenas para crianças, mas atualmente se faz importante durante toda a vida.

“Quanto mais se faz prevenção, melhor fica a qualidade de vida. Tem que ter esse hábito da vacina e os profissionais têm que se reciclar. A dinâmica das mudanças hoje é absurda, aqui recebemos as informações ‘mastigadas’, o que facilita também a vida do médico. O jovem e o adulto estão tendo doenças que antes eram típicas da infância, como coqueluche e caxumba, então é preciso fazer com que as doenças parem de circular”, pontua Sérgio Vilhena.


  • -

Simpósio de Cirurgias Urológicas

Category : Saúde

I Simpósio de Cirurgias Urológicas Minimamente Invasivas da Região Serrana reúne especialistas em Petrópolis

Hospital SMH – Beneficência Portuguesa  sediou o encontro sobre método mais avançado dentro da medicina.
Simposio no Hospital SMH 1Evento reuniu especialistas da área de urologia (Foto: Divulgação/Hospital SMH).

O I Simpósio de Cirurgias Urológicas Minimamente Invasivas da Região Serrana reuniu especialistas no Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis para falar dos avanços do setor e da chegada das novas tecnologias, que antes eram oferecidas apenas nas capitais, à cidades do interior. Na noite de sexta-feira (25), profissionais do Rio de Janeiro e São Paulo debateram juntos com os especialistas do Hospital SMH as principais questões relacionadas ao método operatório mais avançado da medicina.

Simposio no Hospital SMH 2
I Simpósio de Cirurgias Urológicas Minimamente Invasivas foi realizado em Petrópolis (Foto: Divulgação/Hospital SMH)

“Acho fantástico o hospital se equiparar aos grandes centros. Qualquer cirurgia sem incisão (corte) ou com incisões mínimas, pelos orifícios naturais, como a uretra, reduz dor e morbidade, além de tornar a recuperação muito mais rápida”, explica o urologista e especialista em saúde feminina que atua em São Paulo, Marcos Tobias Machado.

O método é utilizado no tratamento de diversas patologias, por isso, o novo Centro de Cirurgias Minimamente Invasivas do SMH reúne especialidades como a cirurgia vascular, cardiologia (hemodinâmica), ginecologia, urologia e cirurgia geral.

“O intuito é oferecer o que há de mais moderno em tecnologia, com menor agressão, de forma a melhorar a qualidade de vida dos pacientes”, ressalta o especialista Michael Cerqueira, que integra a equipe que coordena o Centro de Cirurgias Minimamente Invasivas do Hospital SMH. Ele acrescenta que cirurgias de próstata por laparoscopia, bexiga de alta complexidade laparoscópica e técnicas de vaporização a laser em pacientes com hiperplasia são alguns dos procedimentos já realizados na unidade.