Category Archives: Saúde

  • -

Hospital SMH inaugura serviço de pronto-atendimento gineco-obstétrico 24h

Category : Saúde

Setor oferece, em tempo integral, procedimentos voltados para as mulheres; evento nesta segunda-feira (18/04) marcou o início dos atendimentos.

As mulheres já contam com o novo serviço de pronto-atendimento gineco-obstétrico 24h do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis. A partir de agora, é possível realizar atendimentos de urgência a qualquer hora do dia através dos especialistas de plantão.

O setor está preparado para realizar exames e procedimentos, inclusive cirúrgicos. O avanço foi comemorado na noite desta segunda-feira (18/04) durante o evento que reuniu autoridades da área médica e integrantes das equipes de saúde, além de membros da diretoria do Hospital SMH e convidados.

O diretor executivo operacional, Fernando Baena, explicou que, cada vez mais, o Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis se dedica a aprimorar os serviços e, especialmente, o relacionamento com os pacientes.

“Este é mais um projeto/investimento que eleva Petrópolis ao nível da excelência oferecida nos grandes centros. O pronto-atendimento gineco-obstétrico 24 horas é uma grande realização para o hospital, pois está afinado com as expectativas e necessidades dos petropolitanos, e daqueles que já enxergam a cidade como referência em Saúde”, pontua Baena.

A novidade reflete diretamente no setor de maternidade, já que as gestantes terão a tranquilidade e a segurança de contar com o atendimento em tempo integral caso precisem de exames laboratoriais, ultrassonografia, cardiotocografia, e até do próprio parto, caso haja indicação médica.

A responsável pelo setor, a ginecologista e obstetra Camila Sampaio, destaca que o novo serviço representa também uma mudança de filosofia quanto ao atendimento oferecido às grávidas. Elas terão a oportunidade de passar por um processo de familiarização com todos os enfermeiros e médicos da equipe, além de terem suas crenças e convicções sempre consideradas.

“O suporte à saúde emocional neste momento é tão importante quanto o suporte à saúde física. Uma das principais apreensões de uma grávida é o risco de precisar ser atendida por um profissional que ela não conhece, justamente no momento do parto. Isso não acontecerá no Hospital SMH”, explica a ginecologista e obstetra, sem deixar de ressaltar a importância da participação e orientação dos especialistas nas decisões das mães.

Os integrantes da nova equipe atuarão também no ambulatório de especialidades do Hospital SMH, de segunda à sexta-feira. Este modelo permitirá que o cuidado com a saúde da mulher ocorra de forma integral, ou seja, cuidando do dia a dia e dos casos de necessidades emergenciais.

O diretor geral e neurocirurgião, Valter José Sillero, complementa afirmando que “mais do que a obrigação que temos como médicos, nutrimos uma enorme preocupação com o bem-estar emocional das mulheres. Por isso, formamos um corpo clínico coeso, altamente qualificado e acessível, que se soma à nossa infraestrutura moderna e acolhedora”, pontua.


  • -

Hospital SMH recebe médicos de diversos estados para workshop na área de cardiologia

Category : Saúde

Resultados positivos de procedimento feito no setor de hemodinâmica tornam a unidade referência no interior do Rio.

O Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, referência no procedimento de implante transcateter de válvula aórtica (Tavi, do inglês transcatheter aortic valve implantion) no interior do estado, recebeu um grupo de especialistas de diversas localidades do Brasil e de cidades do Rio para um workshop sobre a técnica.

O encontro, que traz visibilidade para a qualidade da medicina oferecida na região, ocorreu no mês de fevereiro de 2022, no setor de hemodinâmica do Instituto do Coração de Petrópolis (INCOPE), integrado ao hospital.

Os cardiologistas acompanharam a realização de um Tavi em tempo real, com a mentoria dos chefes do setor de hemodinâmica do Hospital SMH; Luiz Kohn e Edgard Quintella. Eles também receberam instruções teóricas e colocaram o conhecimento adquirido em prática através de um simulador.

Para o cardiologista intervencionista Luiz Kohn, receber profissionais que já são altamente qualificados, atraídos pelo trabalho desenvolvido no Hospital SMH, é uma forma de reconhecimento dos resultados atingidos. É também a certeza de que o paciente encontra, na Região Serrana, a mesma qualidade e tecnologia da medicina oferecida nos grandes centros.

“Esse encontro mostra que, além de ter uma infraestrutura totalmente adequada para a realização do procedimento de alta complexidade, o Hospital SMH também abre espaço para a ampliação deste conhecimento, fortalecendo a formação de profissionais de outros estados”, pontua Luiz Kohn.

Por ser minimamente invasivo, o implante transcateter de válvula aórtica permite que o paciente receba alta médica em 48h. No caso do procedimento tradicional, onde o procedimento exige o corte e a abertura da região do tórax, os riscos são maiores e o processo de recuperação leva em média uma semana.

A intervenção promove a correção de uma válvula cardíaca. Quando afetada pela estenose aórtica, a válvula fica obstruída e há dificuldade na passagem do sangue do coração para o restante do corpo.

“O procedimento é feito por meio de um cateter, que é introduzido na artéria femural (na região da virilha). Ele é guiado por imagem e leva a válvula artificial até o coração. Esta vai substituir a válvula defeituosa”, explica o cardiologista intervencionista da equipe do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, Edgard Freitas Quintella.


  • -

Equipe da cozinha ganha programação vitaminada com homenagens e workshop

Category : Saúde

Semana da Nutrição contou com atividades e receitas que deixaram o menu do hospital ainda mais saudável e apetitoso.

A Semana da Nutrição, que integra o calendário interno do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, foi de muito aprendizado, diversão e homenagens. A equipe que atua na cozinha da unidade participou de worshop com o chef Marcelo Rixhon, do Caramelos D’Angelo, ganhou café da manhã especial com homenagens e sorteio de brindes.

O objetivo do Hospital SMH é lembrar que esse grupo, que põe a mão na massa com muito carinho, é especial e essencial para o funcionamento da unidade. A Semana da Nutrição, celebrada entre os dias 23 e 27 de agosto de 2021, é uma forma de agradecer aos profissionais e reconhecer o trabalho feito com tanta dedicação. Trabalho que reflete diretamente no bem estar dos pacientes internados e que proporciona uma recuperação com mais ânimo e sabor.

E para deixar o dia a dia dessa equipe ainda mais doce (apenas no sentido figurado!), a visita do chef Marcelo Rixhon foi acompanhada de dicas que deixaram o cardápio do SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis ainda mais apetitoso e nutritivo. Após uma semana de atividades, os truques e receitas já fazem parte do menu do hospital.


  • -

Semana da Higienização e da Lavanderia

Category : Saúde

Essa equipe, que é essencial para o Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, ganhou uma semana inteira de homenagens como forma de reconhecimento da excelência do trabalho que realiza.

A Semana da Higienização e da Lavanderia, instituída entre os dias 26 e 30 de julho, contou com cardápio escolhido pelos colaboradores, distribuição de brindes (entre produtos de beleza, café da manhã com acompanhante, manicure e massagens), além de treinamentos.

Fica registrada aqui, mais uma vez, a nossa gratidão!


  • -

Hospital tem projeto de tratamento multidisciplinar voltado para a obesidade

Category : Saúde



Hospital tem projeto de tratamento multidisciplinar voltado para a obesidade

Pacientes têm rede de apoio para enfrentar a comorbidade, que está associada a quadros de hipertensão arterial, diabetes e problemas articulares, entre outros.

O Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis oferece tratamento multidisciplinar para o enfrentamento da obesidade. O projeto abrange a consulta com o gastroenterologista, passa por profissionais de diversas especialidades e, nos casos onde há indicação, chega até a cirurgia bariátrica.

O gastroenterologista irá identificar quais especialistas, entre eles endocrinologista, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista e cardiologista, por exemplo, deverão fazer parte da rede de apoio identificada como necessária para cada caso. No Hospital SMH, duas equipes independentes de cirurgiões bariátricos atuam no projeto: a do dr. Carlos Manuel Pereira e a do dr. José Pinna.

“O paciente deve iniciar o tratamento o quanto antes para evitar o agravamento do quadro e suas consequências. Com a videolaparoscopia, o paciente não sente dor no pós-operatório. É muito mais preocupante permanecer obeso do que se submeter à intervenção para a colocação do balão gástrico”, pontua o cirurgião bariátrico José Pinna, que é titular e especialista na Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM).

O também cirurgião bariátrico e membro da SBCBM Marcos Fernandes, que integra a equipe do dr. Carlos Manuel, explica que a comorbidade é dividida em graus através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). A obesidade mórbida é a forma mais grave do problema e quando, geralmente, há indicação cirúrgica.

“Há fatores, avaliados pelo cirurgião, que tornam o paciente um indicado a passar pelo procedimento. Em média, o IMC acima de 35, acompanhado de comorbidades associadas (como hipertensão e diabetes), e o IMC acima de 40 representam quadros onde a recomendação pela intervenção cirúrgica é feita”, esclarece o dr. Marcos Fernandes, destacando que cada caso é analisado individualmente.

Para que o tratamento multidisciplinar ocorra com plenitude, os médicos buscam facilitar ao máximo o caminho para que o paciente consiga realizar todos os atendimentos com a cobertura do plano de saúde.

“O Hospital SMH cuida do paciente obeso em toda a sua diversidade e com a sensibilidade que o tema exige. Promover saúde, e não apenas tratar e prevenir doenças. É o que fazemos”, pontua o diretor executivo operacional da unidade hospitalar, Fernando Baena.

Além de estar associada a quadros de hipertensão arterial, diabetes e problemas articulares, a obesidade ainda aumenta em 48% o risco de morte por Covid-19, segundo dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM). A coordenadora do setor de cirurgias do Hospital SMH, Rosana Pinto explica que é preciso levar em consideração todas as possíveis causas – que serão identificadas pelo especialista nas consultas iniciais – é a chave para o tratamento eficaz, pois elas serão tratadas em sua essência.

“A cirurgia bariátrica representa um enorme avanço para a medicina e é indicada para um número grande de pacientes obesos, entretanto, o resultado satisfatório está diretamente ligado aos cuidados no pré e pós-operatório, o que se traduz no acompanhamento multidisciplinar”, explica Rosana.


  • -

Ação marca Dia Mundial do Doador de Sangue

Campanha Junho Vermelho incentiva a doação e homenageia quem já colabora.

Neste ano de 2021, o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, foi marcado pela solidariedade no Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis. Através da campanha Junho Vermelho, colaboradores de diversos setores doaram sangue e foram orientados sobre a importância de tornar este ato frequente.


Veja Galeria de fotos aqui


A ação, que contou com lanchinho e ambiente decorado, também teve o objetivo de homenagear aqueles que já são doadores no Banco de Sangue do Hospital SMH.

Durante todo o mês, informativos espalhados em pontos estratégicos da unidade convidam, tanto o público interno, quanto o externo, a ajudarem na manutenção do estoque de bolsas de sangue no serviço de hemoterapia. A iniciativa é importante, já que houve uma redução significativa no número de doações por conta da pandemia de Covid-19.

O Junho Vermelho é promovido em todo o Brasil e a data escolhida para comemorar o Dia do Doador é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner, imunologista austríaco que descobriu o fator RH e as diferenças entre tipagens sanguínea.


  • -

Equipe de enfermagem recebe homenagem de pacientes e diretores

Category : Saúde

Equipe de enfermagem recebe homenagem de pacientes e diretores

Mensagens foram enviadas aos profissionais do Hospital SMH-Beneficência Portuguesa de Petrópolis pelo Dia Internacional da Enfermagem

Dr. José Loureiro

Diretor do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa

Fernando Baena

Diretor executivo operacional do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa

Dr. Luis Arnaldo Magdalena

Diretor médico do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa

Sidney Gonçalves

Paciente recuperado da Covid-19
54 anos

Grasiela Vieira e Silva Fernandes

Paciente recuperada da Covid-19
33 anos

Evany Morgado Teixeira Bastos

Paciente recuperada da Covid-19
90 anos

Paciente recuperado da Covid-19
37 anos

Moacir Miguel da Silva Junior

Carlos Roberto Dutra

Paciente recuperado da Covid-19
66 anos

Miguel Curvelo

Paciente recuperado da Covid-19
45 anos


  • -

Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro

Category : Saúde

Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro

Equipe do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis tem homenagem com participação de pacientes e colegas de trabalho, além de sorteios de presentes através de parcerias com a iniciativa privada.
 

Parte da equipe de enfermagem do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa, em Petrópolis

 

Para prestar uma homenagem à altura da que a equipe de enfermagem merece, o Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis pensou e agiu com o coração. O reconhecimento pelo trabalho incansável realizado com excelência na unidade vem dos próprios pacientes, dos colegas de trabalho, da direção do hospital e dos empresários da cidade, que fizeram questão de participar oferecendo presentes que refletem o tamanho de sua gratidão.

O diretor executivo operacional, Fernando Baena, destaca o orgulho dedicado a esses profissionais que comemoram o Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro é celebrado em 12 de maio.

“Tenho muito orgulho do time do SMH. Costumo dizer que é a categoria que carrega todo o piano da nossa instituição. Nunca duvidei que quem ia abraçar com unhas e dentes, assumindo os riscos do desconhecido na linha de frente durante a pandemia, seria a galera da enfermagem. Isso me faz ter ainda mais orgulho de trabalhar aqui e de conviver com profissionais como vocês. Parabéns!”, declara Baena.

As mensagens gravadas pelos pacientes e enviadas para os celulares dos profissionais da enfermagem também são carregadas de emoção. “Vocês foram instrumentos de Deus para salvar a minha vida, assim como a de tantas outras pessoas. É justa e linda essa homenagem que o SMH está fazendo”, diz Moacir Miguel da Silva Junior, de 37 anos.

Já a Grasiela Vieira e Silva Fernandes, de 33 anos, lembra do carinho e da paciência que os enfermeiros tiveram, mesmo nos momentos de nervosismo e ansiedade. “Eu confesso que depois que acordei do coma dei muito trabalho”, conta Grasiela, agora recuperada.

Almoço especial com cardápio escolhido por eles e homenagens espalhadas por murais dentro do hospital fazem parte do “pacote da gratidão”, como conta Ana Carolina Jeolás, do departamento de Recursos Humanos, que também buscou apoio do empresariado. O objetivo de tornar a data inesquecível foi conquistado com sucesso e os presentes oferecidos pelas empresas, que foram verdadeiras parceiras, fazem brilhar os olhos. Eles serão sorteados no dia 20 de maio, no “Café com a Diretoria”. São eles:

* ACADEMIA LOCATELLI

Três bolsas para a prática de exercícios durante um mês 

* ARMAZÉM DO GRÃO

Uma cesta com produtos finos 

*  RESTAURANTE EL SOMBRERO

Um jantar com direito a acompanhante 

* PETRÓPOLIS CONVENTIONS & VISITOR BUREAUX E REDE KASTEL HOTÉIS

Hospedagem em Búzios 

* SOCIEDADE DE HOTELARIA HOSPITALAR DO ESTADO DO RJ

Dois rodízios na Churrascaria Lago Sul 

* RCH DISTRIBUIDORA DE PRODUTOS GERAIS

Uma squeeze para cada integrante da equipe de enfermagem 

 


Para a enfermeira-chefe, Mônica dos Santos Machado, depois de um ano tão difícil, as demonstrações de gratidão e carinho são a chance de levar um pouco de alívio para os corações da equipe.

“Sei da luta da minha equipe e de como gestos como este fazem toda a diferença. Saber que somos reconhecidos, tanto por parte da direção e dos colegas de trabalho, quanto das pessoas pelas quais nos esforçamos diariamente, renova as esperanças por dias melhores”, pontua Mônica.

O infectologista e diretor médico do Hospital SMH, Luis Arnaldo Magdalena, ressalta a satisfação em conviver com pessoas tão especiais.

“Quero parabenizar a todos pelo excelente trabalho desenvolvido, principalmente, durante a pandemia da Covid-19. Só tenho a agradecer a oportunidade de ter pessoas especiais ao meu lado. Eu reconheço, assim como todos os colegas médicos devem reconhecer, o peso e a importância da enfermagem no nosso dia a dia. Não somos nada sem vocês”, finaliza o diretor.


  • -

‘Linha de frente’ do Hospital SMH recebe 2ª dose da vacina contra a Covid-19

Category : Saúde

Vídeo mostra momento em que o médico generalista que atua no CTI Covid-19 do Hospital SMH Beneficência Portuguesa de Petrópolis, Lucas Garcia, foi vacinado.

Primeira dose já tinha sido aplicada no restante dos funcionários. Imunização aumenta a proteção no atendimento aos pacientes na unidade, que também atende casos do SUS.

Dircea Castanheira recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19

A 2ª dose da vacina contra o coronavírus, que garante efetivamente a eficácia do imunizante, foi aplicada nesta quinta-feira, dia 11 de fevereiro, nos profissionais da “linha de frente” do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis. Todos os outros funcionários da unidade já tinham recebido a 1ª dose.

 “A gente consegue agora ter esperança, sendo imunizado com algo que tem uma eficácia e um benefício comprovado. É uma proteção para mim e para quem está ao meu redor”, destaca o médico generalista que atua no CTI Covid-19 da unidade, Lucas Garcia.

Para o infectologista e diretor médico do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, Luis Arnaldo Magdalena, este é mais um importante passo na direção do retorno a uma vida com mais liberdade e menos preocupações, mais próxima do “normal”.

“Cada pessoa vacinada representa mais segurança e proteção não só para ela própria, mas para todos aqueles que frequentam o hospital. É uma tranquilidade maior para o paciente e sua família saber que todos estão imunizados”, explica o diretor médico do hospital, que desde o começo da pandemia atua em parceria com a Prefeitura dando suporte e absorvendo uma parcela da demanda do SUS no atendimento e internação de pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19.

A Dircea Castanheira atua no atendimento aos pacientes e familiares que chegam na recepção do setor de Covid-19. E depois de tantos meses tensos, ela agora afirma: “estou muito feliz por ter tomado a vacina. Daqui a pouco isso vai passar”.

O corpo clínico e os funcionários do Hospital SMH receberam as vacinas de Oxford/AstraZeneca e CoronaVac, as duas únicas utilizadas no Brasil até o momento. A continuidade do cronograma de imunização completa a sensação de alívio e esperança iniciada com a 1ª etapa da vacinação, em janeiro.

“Após tantos meses de luta diária, a vacinação, que, por si só, já é uma enorme conquista, ganha um significado ainda maior. É a razão para acreditarmos no retorno de uma vida com menos sofrimento e medo, pelo menos do coronavírus. Estamos felizes pelos nossos funcionários e pelo que isso representa para a saúde pública”, afirma o diretor executivo operacional do Hospital SMH, Fernando Baena, acrescentando que falta um pequeno grupo de pessoas a ser imunizado na unidade. São os profissionais que tiveram a Covid-19 nos últimos 90 dias, além das grávidas e mulheres que estão em período de amamentação.

Apesar de tantas boas notícias, os diretores resaltam que é preciso manter o respeito ao distanciamento social, especialmente com a proximidade do Carnaval.

“Vimos claramente o resultado do afrouxamento das medidas de segurança durante as festas de fim de ano. Os hospitais voltaram a ficar lotados e o número de mortes cresceu. Esperamos que isso não volte a acontecer dentro de algumas semanas”, pontua Baena, ressaltando que a chegada da vacina não dispensa também a obrigatoriedade do uso de máscara, álcool em gel e outras medidas preventivas de higienização pessoal e do ambiente.