INCOPE

Inauguração Centro Cirúrgico 2 Infraestrutura completa para tratamento de doenças do coração

A infraestrutura moderna e a qualificação da equipe médica do Instituto do Coração de Petrópolis (Incope) garantem ao Hospital SMH – Beneficência Portuguesa, capacidade para realizar os procedimentos mais simples e os complexos com o máximo de segurança e eficiência. O setor de cardiologia do SMH é composto pela parte clínica, métodos de diagnósticos não invasivos, hemodinâmica (cardiologia intervencionista), cirurgia cardiovascular e UTI. Com estrutura completa, o paciente recebe tratamento humanizado em todas as fases do processo.

O setor foi planejado para oferecer um ambiente linear com distâncias curtas, facilitando o trabalho dos profissionais e dando mais segurança aos pacientes. O centro cirúrgico do Incope foi projetado com dimensões específicas e utilizado com exclusividade para as cirurgias cardiovasculares desde a sua inauguração, em 2012. O ambiente com pouca circulação de pessoas é um fator positivo, já que reduz as chances de contaminação durante as intervenções que são invasivas e de alta complexidade.

 No SMH, os exames preventivos e de diagnóstico são feitos no aparelho de hemodinâmica mais moderno do mercado, que possui um ultrassom coronário integrado. Os procedimentos são por acesso endovascular, onde o cateter passa por dentro dos vasos sanguíneos até chegar ao órgão. A tecnologia permite ao especialista realizar cateterismos, arteriografias, angioplastias e implantes de ‘marca-passos’, entre outros procedimentos, com o máximo de segurança.

 O Incope atende a toda a Região Serrana e Baixada Fluminense, dando cobertura a mais de um milhão de pessoas e oferecendo um tratamento de primeiro mundo aos pacientes com problemas no coração.

Problemas de coração estão entre as principais causas de morte no mundoCirurgia-editada2

A aterosclerose, que se caracteriza pelo acúmulo de placas de gorduras nos vasos sanguíneos, é a principal responsável por infartos, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e insuficiências cardíacas. A doença mata 300 mil pessoas por ano no Brasil, ou seja, 820 por dia.

Confira os exames que ajudam a prevenir e diagnosticar os problemas cardíacos e que são realizados no Hospital SMH – Beneficência Portuguesa:

Eletrocardiograma – serve para identificar a atividade elétrica do coração. Deve sempre ser interpretado pelo cardiologista e correlacionado com o exame médico. O resultado normal não afasta doença cardíaca.

Teste de esforço – mostra como o sistema cardiovascular (pressão arterial, frequência cardíaca e ritmo cardíaco) se comporta quando submetido a uma grande exigência. Pode revelar doenças cardiovasculares que existem, mas estão compensadas pelos sistemas de defesa do corpo e somente se manifestam em situações de sobrecarga. Dentre elas estão doença coronariana, arritmias e bloqueios cardíacos, insuficiência cardíaca compensada e hipertensão reativa, entre outras.

Ecocardiograma – mostra a anatomia interna do coração (integridade das válvulas e cavidades cardíacas, das artérias e veias que se ligam ao coração). Também mostra o desempenho do músculo e válvulas em repouso.

Exame das carótidas – mostra se a doença aterosclerótica (acúmulo de placas de gordura nos vasos) já começou pelo espessamento da camada interna das artérias ou mesmo pequenas placas de gordura que aparecem precocemente sem provocar qualquer sintoma. Estas placas de gordura somente provocam sintomas se obstruírem mais de 70% da artéria ou se sofrerem rompimento (ulcerações).

O cateterismo cardíaco, o ecocardiograma com estresse e a angiotomografia, também são realizados no Hospital SMH com prescrição médica.