Prevenção Aneurisma

  • -

Prevenção Aneurisma

Campanha de prevenção ao aneurisma é aberta nesta quarta-feira em Petrópolis
Objetivo é promover uma nova cultura entre a classe médica, incentivando a realização de exame preventivo.

A 1ª Semana de Prevenção ao Aneurisma de Aorta foi aberta nesta quarta-feira, dia 11, em Petrópolis, com seminário direcionado a médicos. A iniciativa partiu de cirurgiões vasculares com o objetivo de criar uma cultura de prevenção entre a classe médica. Os responsáveis pelo setor de cirurgia vascular do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa vão promover ações em hospitais e clínicas da cidade.

O aneurisma de aorta (maior vaso do corpo) é uma doença silenciosa que possui alta taxa de mortalidade quando não tratado corretamente. O problema é ocasionado pela dilatação da artéria, que pode se romper. Segundo o cirurgião vascular Tiago Coutas, chefe do setor de cirurgia vascular do Hospital SMH com os também especialistas Marcos Vinicius Telles Ventura e Pedro Judice Martins, explica que é possível prevenir.

“A doença pode levar à morte, e a prevenção e detecção são feitas através do ultrasson abdominal. Ele deve ser solicitado pelo médico em casos específicos. Assim como ocorre com o câncer de mama, queremos criar uma cultura da prevenção para esta doença que mata cerca de 50% dos pacientes que apresentam ruptura do aneurisma”, explica Tiago Coutas.

A campanha busca incentivar os médicos a solicitarem o exame quando o paciente fizer parte do grupo de risco, que inclui pessoas com histórico familiar da doença, tabagistas (e ex fumantes), hipertensos e homens com idade acima de 65 anos.

Dentre as ações que fazem parte da 1ª Semana de Prevenção ao Aneurisma de Aorta estão a agilidade na realização do ultrasson abdominal por meio de parcerias em unidades de saúde e a distribuição de material informativo.

“A partir do momento que ele tem conhecimento da doença e das formas de prevenção, o próprio paciente pode procurar um especialista, especialmente se fizer parte do grupo de risco, e solicitar a realização do exame”, pontua o cirurgião vascular.


Busque no site